Ligue os Pontos é apontado como referência mundial em combate de mudanças climáticas

Plataforma global Apolitical destacou o Projeto de fortalecimento da agricultura da zona sul da cidade como uma das cem iniciativas de todo o mundo que ajudam a melhorar o meio ambiente

Nesta quarta-feira (27), o projeto Ligue os Pontos (Connect the Dots) foi selecionado como uma das cem iniciativas mundiais que contribuem para a mitigação das mudanças climáticas.

O projeto compõe a lista “Cem Descobertas em Políticas Climáticas” (100 Climate Policy Breakthroughs), elaborada pela plataforma global Apolitical. Após extensa pesquisa em todo o mundo, as iniciativas foram escolhidas por gerar impactos significativos e que podem inspirar governos e organizações.

O Projeto Ligue os Pontos, premiado pelo Mayors Challenge da Bloomberg Philanthropies, atua há mais de dois anos no fortalecimento da agricultura na zona sul da cidade de São Paulo para frear a expansão urbana desordenada e proteger áreas ambientais. A partir do uso da tecnologia como ferramenta de integração e da coordenação de iniciativas existentes e informações da região, seu objetivo é estimular uma economia verde consistente, evitando que as áreas cultiváveis sejam tomadas pela urbanização informal e coloquem em risco a segurança hídrica e ambiental da cidade.

Já a Apolitical é uma plataforma global para governos que conecta servidores públicos a ideias, especialistas e parcerias para resolver os principais desafios atuais do mundo. Seu grande objetivo é ajudar servidores públicos de mais de 170 países com orientações sobre as habilidades necessárias para o futuro, como análises de dados, tecnologia digital, oratória e até design com foco no ser humano. Reconhecida mundialmente como inovação tecnológica, a plataforma possui, entre seus principais parceiros, o Banco Mundial, o Governo Britânico e o Fórum Econômico Mundial.

Acesse aqui o anúncio da Apolitical e confira a lista completa de iniciativas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *