Informe Urbano 45 – Quem são os produtores agrícolas da Zona Sul de São Paulo?

O novo estudo elaborado pelas equipes de Geoinfo e do Projeto Ligue os Pontos faz uma análise detalhada dos dados que compõem o Cadastro das Unidades de Produção Agropecuária da Zona Sul do Município de São Paulo, elaborado pelo Cebrap. O banco de dados deste cadastro será divulgado na plataforma Geosampa.

De acordo com o levantamento, a maior parte das propriedades cadastradas são de pequeno porte e caracterizam-se pela agricultura familiar, tendo parte de sua área voltada à produção de folhosas e plantas ornamentais. Notou-se, entretanto, que há uma baixa comercialização da produção, com baixos ganhos monetários e alta informalidade em toda a cadeia produtiva.

O estudo também se atenta às características sociais dos produtores, como o rendimento familiar e o grau de instrução. Destaca-se também a baixa adesão a qualquer forma de cooperativismo ou associativismo, já que mais de 80% dos agricultores pesquisados não são cooperados, sindicalizados ou participantes de qualquer outra forma de organização.

Nesse contexto, as ações inovadoras do Projeto Ligue os Pontos buscam promover o fortalecimento da atividade agrícola e a melhoria nas condições de vida da produtores rurais, visando assegurar a proteção ambiental necessárias à manutenção dos mananciais, tal qual previsto entre as diretrizes do PDE.

Sobre o cadastramento
Durante os primeiros meses de 2019, a Prefeitura de São Paulo cadastrou unidades de produção na zona rural sul da Cidade (distritos de Grajaú, Parelheiros e Marsilac) para identificar e conhecer melhor os agricultores da região. O estudo foi financiado com recursos do Ligue os Pontos. A coleta de informações, bem como o processamento para construção de indicadores foram feitos pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). No total foram cadastradas 428 unidades de produção agrícola. O objetivo foi constituir um banco de dados da zona rural paulistana, a fim de viabilizar a implementação de políticas públicas que fortaleçam a agricultura, a geração de renda e a preservação ambiental do Município.